Sobre A Vez Que Morri Por 3 Segundos

Há muito tempo, eu não escrevo. Nada. Nenhuma linha. Nem nas notas do celular. A não ser que receitas contem. Não, acho que não conta. Então, é… faz muito tempo que não escrevo.

Uma amiga me perguntou se eu tinha escrito algo ultimamente. Envergonhada (ou triste), respondi que não. Não entendi muito bem o porquê daquele sentimento. Até que eu fui fazer o login no blog. Não lembrava a senha. Não lembrava o nome de usuário. Não lembrava o e-mail (era um antigo). Nem a senha daquele e-mail. Depois de redefinir a senha do e-mail antigo e do blog, consegui acessar meus posts passados. O blog tinha sido atualizado. Não conseguia mais navegar pela página. Finalmente, encontrei os rascunhos. “Esta pasta esta vazia”. E foi ali que eu eu morri por três segundos.

Nos rascunhos, eu guardava mais ou menos 40 arquivos de sentimentos inacabados, de memórias esquecidas, de coisas que poderiam se tornar lindos textos um dia. Meu coração doeu. Era uma partezinha de mim, guardada pra ser continuada ou deletada quando eu sentisse vontade. E senti aquela parte sendo arrancada de mim. E de repente, encontrei uma barra lateral que continha todos os rascunhos. Respirei aliviada, e então entendi o porquê daquele sentimento. Escrever me faz bem, me relaxa, me tranquiliza, me ajuda a espairecer. Sinceramente, me faz um pouco mais sã, e eu tinha deixado isso de lado.

Se algo te faz bem, não pare. E se parou, retome! Simples assim ❤

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre A Vez Que Morri Por 3 Segundos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s