Pra Medir Amor

Eu nunca aceitei muito a idéia de que algo não possa ser medido. Se há centímetros, quilos, gramas, onças, polegadas, quilômetros, litros, toneladas, eles devem servir pra alguma coisa. E amor, como é que se mede?

Eu acho que é com ações, mais do que com palavras. Mais com a freqüência cardíaca do que com boas intenções. Mais com o ceder do que o manipular. Mas muito mais do que isso, podemos medir amor quando o desejo de fazer a outra pessoa feliz é muito maior do que termos nossa própria felicidade, sem transformar-se numa obsessão.

Equilíbrio. Podemos medir amor com equilíbrio. Sem dar demais e sem receber demais. Sem exigir demais e sem exigir nada. Quanto mais equilibrada for a troca de “meus” e “teus”, mais amor a gente pode criar junto. E eu acho que é por isso que é tão fácil te amar, porque tu me ajuda encontrar a esse equilíbrio e eu não consigo ser egoísta contigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s