Um Pouco Estranha

Se tu não me dás bola, mais eu te quero. Não ter notícias de ti, me deixa louca. Fico com saudade, fico com vontade de te ver. Mas quando eu tenho muito de ti, isso é…. “normal”! E eu não tenho muita certeza de que eu gosto de normal. Quando eu tenho muito de ti, eu sei que eu tenho muito de ti. Quando tu não me dás sinal de vida, eu fico imaginando o quanto eu ainda tenho de ti e eu te quero mais. Eu tenho medo de te perder, “e se ele estiver pensando em outra, porque eu sou muito bipolar?”. Fico com vontade de te encher de mensagens. Mas quando eu tenho muito de ti, isso acalma, isso me irrita, isso me deixa estranha.

Não sei lidar com gente que gosta muito de mim. Eu acho que é isso. Muito amor é estranho e, eventualmente, me irrita. Sem contar nos comentários que as outras pessoas fazem. Minha cabeça dá aquele DO A BARREL ROLL que a gente coloca no google e minha vida fica de cabeça pra baixo. Meus sentimentos, teus sentimentos, o que as outras pessoas sentem em relação a nós. Quando eu tô longe, eu fico assim, tagarelando coisas sem sentido
Isso é um pouco de quão estranha eu sou! Isso e outras coisas a mais que eu talvez não saiba identificar ainda.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s