Aquilo que chamam de FELICIDADE

Se eu pudesse eu escreveria sobre aquele fim de tarde no qual ele me levou até a orla de um lago bonito. E se eu me atravesse, escreveria como foi lindo ver as luzes do pôr-do-sol refletirem na água e da água até nós num movimento ondulado e constante.

Se me fosse permitido relatar com perfeição todas as vezes que ele me fez chorar de felicidade, todas as vezes nas quais o abraço dele era o que eu mais precisava e foi justamente isso que ele me deu, todas as vezes que pude provar do mais puro e doce êxtase que é viver ao seu lado, eu o faria.

Ah, quem me dera ser capaz de traduzir em palavras perfeitamente colocadas uma ao lado da outra como eu seria a mulher mais feliz do mundo se pudesse acordar e ouvir o som da voz dele, sentir a sua mão acariciar meu rosto e ter a certeza de que aquele era o sonho mais real já vivido.

Se não fosse tão abstrato, gostria de contar como o enlace de seus braços me dão conforto. Enlace esse que começa ao pegar nas minhas mãos e continua ao passar um braço pela minha cintura, até fazer o contorno do outro lado, enquanto a outra mão acaricia meu rosto. Subitamente, passa a mão pelos meus cabelos ao descer lentamente pela minha coluna vertebral, até fechar em um abraço no qual me encaixo perfeitamente contra sua caixa torácica.

Se vocês pudessem conceber o fato de que a cada discussão, momento de insegurança, ciúmes, lágrima, desapontamento e coisa ruim que existe numa relação, aproximamo-nos mais ainda, seria mais fácil entender que o amor não é feito somente de coisas belas e momentos mágicos e que contos de fadas não existem, mas que nós fazemos nossa própria felicidade.

Se fosse fácil fazê-los sentir o que eu sinto, entre alegria e tristeza, meus caros amigos, assim o faria. Mas no medo de tratar com leviandade ou de não ser capaz de descrever com tanta perfeição o que tanto me comove e marca, resumo meus sentimentos na palavra escrita ali em cima: felicidade!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s