Precisa-se De Mãos

Isso é tudo que consigo pensar hoje:

“PRECISA-SE DE MÃOS”


Eu preciso de mãos. Outras mãos que não as minhas, pois as minhas estão cansadas de escrever, digitar, corrigir temas, abanar, limpar as minhas lágrimas, dar explicações, fazer trabalhos, gesticular. Minhas mãos estão cansadas de apertar outras mãos e ficar sozinhas.

Não, eu preciso de mãos que segurem as minhas mãos por um longo tempo. Preciso de mãos que acalmem e que deem conforto. Preciso de mãos que me segurem com cuidado, que se encaixem perfeitamente nos espaços entre os meus dedos, que saibam amar, que estejam presentes.

Só um par de mãos. É só disso que eu preciso. Um par de mãos que me sacudam quando eu ficar sonhando acordada. Um par de mãos que me abracem por nenhum motivo aparente. Uma par de mãos que gostem de acariciar. Um par de mãos que tenham experiências pra compartilhar. Uma par de mãos que queiram viver.

Às vezes sinto-me como uma cega e como tal só tenho minhas mãos para sentir as coisas, para viver as coisas, para experimentar as coisas. E elas vivem a tatear o ar à procura de algo para sentir, para viver, para conhecer, para experimentar, para tocar, para trocar e acham… nada. Não há nada para elas.

Precisa-se de mãos!

Anúncios

Um comentário sobre “Precisa-se De Mãos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s