Porque Ela Merece

Logo que eu comecei a escrever, conheci Tati Bernardi. Não pessoalmente – o que é uma pena – mas conheci seus textos. Textos chega a ser insulto. Conheci suas obras de arte.

Eu queria escrever tão bem quanto ela, mas entendi que nossa experiência de vida era muito diferente e que ela estava anos-luz a minha frente. Escrita simples e bem detalhada. As histórias passam como um filme ante seus olhos. A tristeza, a decepção, o amor, as loucuras, o desejo, a paixão, a alegria. Você encontra tudo em Tati Bernardi.

É por falta de tempo (ou até mesmo de vontade) que hoje eu compartilho o trecho de um de meus textos favoritos, “O Contrato”. Quando o li pela primeira vez, senti como se ela falasse pra mim todas essas coisas, e ainda sinto, cada vez que leio, como se fóssemos melhores amigas.

“Não é amor não. É mais que isso, é mais que

amor. Porque pra te amar mais, eu tenho que

te amar menos. Porque pra morrer de amor

por você, eu tive que não morrer. Porque pra

ter você por perto um pouco, eu tive que não

querer mais ter você por perto pra sempre. E

eu soquei meu coração até ele diminuir. Só

pra você nunca se assustar com o tamanho

(…) Mas quando, de vez em quando, o seu

ninguém colocar ali, meio sem querer, a mão

no meu joelho, só para me enganar que você é

meu dono. Só para enganar o cara da mesa ao

lado que você é meu dono. Eu vou deixar. Vai

que um dia você acredita.

-Tati Bernardi, “O Contrato”

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s