Um Pouco de Indignação (com limão, por favor!)

“A MORTE É MAIS LEVE QUE UMA PLUMA. A RESPONSABILIDADE DE VIVER É TÃO PESADA QUANTO UMA MONTANHA.”
Dito Japonês

Nunca existiu um mundo tão conturbado, de pernas para o ar ou ‘zuado’ como o que conhecemos hoje em dia. Vivemos uma luta constante contra o relógio. Com as inovações tecnológicas ou a necessidade de aprimoramento e urgência por conhecimento, crescem as pessoas, mudam-se as ideias (que agora não tem mais acento) e perde-se valores. Não, não há uma substituição de valores. Os valores que conhecíamos antigamente (e eu não sou tão velha assim) como sinceridade, liberdade, temperança, civilidade, juízo, autopreservação ou justiça se perderam ou, se ainda não foram aniquilados, estão se perdendo. E não parece haver muito esforço para reavê-los.

  1. Sinceridade, Liberdade, Justiça (Eleições 2010) – Cansei de promessas. Quero saber COMO será cumprida as promessas feitas e não O QUE eles têm para prometer. Nenhum dos dois candidatos que nos resta parece estar à altura do cargo que disputam. Resumindo: UMA PORCARIA.
  2. Autopreservação, Juízo (maquina de camisinhas) – Quando eu soube desta notícia, fiquei sem palavras. O projeto realizado pelos ministérios da Saúde e Educação, que entrará em vigor em 2011, será aplicado em escolas públicas de Ensino Médio dos Estados de Santa Catarina, do Distrito Federal e da Paraíba. E a justificativa?  “Atender às necessidades dos adolescentes”. A necessidade dos adolescentes é ser bem instruído quanto as consequência de uma vida sexual ativa quando se é jovem demais e não ter a disponibilidade de camisinhas dentro de um ambiente de estudos.
  3. Civilidade, Temperança (Adolescentes acéfalos) – Cadê a normalidade? Cadê a originalidade? Irrita-me muito ver grande parte dos adolescentes brasileiros de hoje em dia. 2007: REBELDE. 2009: CREPÚSCULO. 2010: RESTART. Adolescentes chorando por atores e bandas, colocando o sobrenome destas [pseudo]celebridades no Orkut, fazendo tattoos relacionada a eles. É deprimente!

Como diz o ditado acima, morrer é fácil, viver é que é difícil. Responsabilidades, decisões e indecisões, ataques, idealizações, vontades e desejos, metas, questionamentos, passado-presente-futuro. Nossa, faltou-me o ar!!

Talvez tenha sido a incompetencia dos políticos ou a triste decisão dos ministérios da Saúde e Educação, pais e professores que apoiam o projeto das máquinas de camisinha que alimentaram essa minha indignação. Ou pode ter sido a maioria dessas crianças e pré-adolescentes com suas modinhas e falta de personalidade e caráter. Não sei. Foi-me dito que eu escrevesse sem pensar muito: ta aí o resultado!

E agora, cadê o meu limão, hein?!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s