Eu Não…

Eu não danço na frente do espelho quando ninguém está olhando e eu não invento versões novas e “muito melhores” pras minhas músicas favoritas enquanto tomo banho.

Eu não crio passos sensacionais pras músicas que tocam no volume mais alto meu MP3 enquanto lavo e seco a louça.

Eu não gosto de Naruto, Pucca, Pokemon e Backyardigans. Eu não leio o gibi da Turma da Mônica e muito menos a Turma da Mônica Jovem.

Eu não compro salgadinhos para colecionar os brinquedos e não comprei o álbum da copa.

Eu não brinco de andar pela rua sem pisar nas linhas da calçada, não tento subir no vão da porta e não faço de conta que estou voando quando ando de bicicletas com os braços bem abertos.

Eu não tenho medo de monstros quando eu não consigo dormir e o meu quarto está super escuro.

Eu não faço meu sobrinho brincar comigo quando eu estou super entediada e ele está quieto na sala.

Eu não queria ter mais tempo para brincar de pega-pega, esconde-esconde, pula-pula e todas estas brincadeiras de nome repetido.

Eu não sinto saudade de cantar “Com Quem Será” quando alguma amiguinha ou amiguinho estava de aniversário.

Eu não sinto saudade de pular corda ou de rodar até ficar tonta e cair na grama numa tarde ensolarada de verão.

Eu não sinto saudade de fazer castelos de areia na praia e chegar em casa preocupadíssima se eles ainda estariam lá no dia seguinte. Ou de jogar dorminhoco entre 8 ou 10 pessoas e ficar completamente pintada de marcas de batom ou de rolha queimada.

Eu não sinto saudade da minha infância, quando a escolha mais difícil era a cor de giz-de-cera que eu usaria para pintar meus desenhos.

Eu não queria voltar a ser criança e não ter que me preocupar com trabalho, escola, namorado e outros compromissos.

Eu não queria ter a liberdade, a serenidade, a pureza e a despreocupação de uma criança. E não queria ter o poder de conseguir tudo com um sorriso sapeca.

Parte de mim não queria voltar a ser criança, porque sinto que não deixei a criança que há em mim morrer completamente.

Infância: The Best Days Of Our Lives ( Os Melhores Dias Das Nossas Vidas )

Anúncios

4 comentários sobre “Eu Não…

  1. Nanda disse:

    Nooossa, já tava ficando apavorada… hahahaha
    Muito lindo o texto *—*
    Tu sempre me surpreende né.. o texto muda de direção do nada 😀
    Eu curto isso.. embora tu me engane hahaha

    Saudades (L)

    Curtir

    • Claudia da Rosa disse:

      Ah, tu sabes que eu nunca deixaria esse mundo corporativo e globalizado sufocar a melhor parte em mim 😉

      E o teu blog, hein?!

      Obrigada pela força aqui. A propósito, acho que tu vais gostar do próximo post. Lembrei muito de ti numa parte bem especial =)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s